21 de outubro de 2011


                                             DA REDAÇÃO DO +CASINHAS.COM
                                                                         
 
   
            Sob ameaça de perder o mandato após migrar do PSB para o PSDB, a vereadora Euda                 Gomes, integrante da bancada de oposição na Câmara de Casinhas, acaba de conquistar um apoio inusitado em defesa da sua permanência no cargo: a do vereador Walter Borges (PSD) (foto), líder do governo na Casa Manoel Veiga. Ele declarou para o Blog que "em tese, o mandato não pertence ao partido, mas sim ao povo, que é quem elege o ocupante do cargo". 


"Foi o povo que decidiu nas urnas a conquista do mandato de Euda. Não acredito, sinceramente, numa possível movimentação do PSB de tentar aplicar a Lei da Fidelidade Partidária contra a vereadora. Embora que a primeira suplência do partido seja hoje ocupada por Maria Helena, uma mulher de caráter e de muito respeito, tenho certeza de que ela não irá reivindicar ou brigar na Justiça para assumir o cargo", afirmou.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial