15 de janeiro de 2012

Manifestantes vão ao Vaticano para chamar papa de criminoso e Igreja Católica de corrupta

Gritos de “Igreja corrupta”, “papa criminoso”, “liberdade” e “Não à violência” foram ouvidos hoje em um protesto na Praça de São Pedro, no Vaticano. Os manifestantes, que se identificam como membros do movimento Indignados Internacional, se reuniram em  frente aos aposentos do papa Bento XVI.
Provenientes de vários países europeus, como Espanha, França e Itália, afirmavam que “o Vaticano deve pagar os impostos como todo o mundo”, mostrando sua inconformidade com os benefícios fiscais que a Santa Sé recebe em diferentes partes do mundo.

As dezenas de ativistas montaram tendas na Praça de São Pedro. Um dos manifestantes escalou uma árvore de Natal que está no centro da praça. Entre suas críticas está a concentração de renda excessiva por parte da igreja católica.

A polícia foi chamada e acabou pondo fim ao protesto. Depois de um confronto direto com os “indignados”, e com uso de violência, levaram três jovens para averiguação na delegacia. Um deles saiu com o rosto sangrando.

A manifestação ocorreu algumas horas depois que o novo primeiro-ministro italiano, Mario Monti, um católico praticante, foi recebido em audiência pelo sumo pontífice.

A Itália tem vivido uma crise econômica e durante o encontro, o papa afirmou que reconhece que a situação social está “difícil” e “quase insolúvel” e se faz necessário um compromisso de todos para a recuperação do país.
O porta-voz do Vaticano não quis se manifestar sobre o incidente.

Fonte: Portal Fiel
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial