17 de fevereiro de 2012

Decisão do STF sobre Lei da Ficha Limpa repercute bem na Câmara dos Deputados

0 COMENTÁRIOS
 
A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de validar a Lei da Ficha Limpa para as eleições municipais deste ano repercutiu bem na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, deputado Marco Maia (PT-RS), disse que a decisão é uma vitória da sociedade, uma vez que a proposta foi de iniciativa popular com mais de 1 milhão de assinaturas. “Todos nós temos que comemorar essa decisão. Ela reforça os debates feitos aqui na Câmara e a lei agora se transforma em realidade”, disse.

O PSOL, por meio do seu líder, deputado Chico Alencar (RJ), aplaudiu a decisão do STF sobre a constitucionalidade da Lei das Inelegibilidades (Lei da ficha Limpa). “Sempre apoiamos a iniciativa popular, sua tramitação no Congresso e sua validade desde o pleito passado – que este mesmo Supremo, lamentavelmente, revogou, possibilitando a posse, ainda que tardia, de alguns notórios desqualificados”, declarou.

Chico Alencar ressaltou que é a vitória da soberania popular, mas alertou que os eleitores devem estar atentos na hora do voto. “Nem todos os corruptos sofreram condenação em órgão colegiado. Elegíveis, sempre encontrarão partidos a lhes oferecerem legenda. Nas eleições municipais deste ano continuarão a se apresentar muitos lobos em pele de cordeiro, agora autenticados com a marca ficha limpa, que utilizarão sem escrúpulos”.

O PPS também comemorou a decisão do STF. Segundo o presidente da legenda, deputado Roberto Freire (SP), o Supremo atendeu à expectativa da sociedade pela moralidade na política brasileira. “Essa decisão é excelente. Muito importante para melhorar os costumes políticos no país”. Ainda de acordo com Freire, a decisão do STF antes das eleições deste ano foi importante para as legendas. “Assim, os partidos terão tempo para ajustar suas nominatas à lei”.

Fonte: Agência Brasil
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial