Cientistas divulgam pesquisa que tenta explicar origem da fé em Deus


Nos Estados Unidos, pesquisadores da Universidade de Missouri divulgaram um estudo que tenta esclarecer a origem da fé em Deus no cérebro humano, segundo a pesquisa, que aborda especificidades da espiritualidade, várias áreas do cérebro são responsáveis pelo complexo fenômeno que leva o ser humano a crer em uma “força superior”.
“Nós encontramos uma base neuropsicológica para a espiritualidade, mas não está isolada de uma área específica do cérebro… A espiritualidade é um conceito muito mais dinâmico e que utiliza muitas partes do cérebro. Algumas regiões do cérebro desempenham um papel mais predominante, mas todas elas trabalham em conjunto para facilitar as experiências espirituais dos indivíduos”, explicou Brick Johnstone, professor de psicologia da universidade e um dos mentores do estudo.
O estudo foi desenvolvido através de experiências realizadas com pessoas que sofreram lesões cerebrais, um trauma na parte do cérebro chamada de lobo parietal direito. O resultado mostrou que a crença com nível de proximidade com uma divindade ou um ser superior trona-se mais intensa quanto maior o dano no lobo parietal. O professor Brick disse, que “Os pesquisadores têm mostrado continuamente que a deficiência no lado direito do cérebro diminui o nosso foco em nós mesmos”.
“Nossa pesquisa mostra que as pessoas com esta deficiência são mais espirituais. Isto sugere que as experiências espirituais estão associadas com a diminuição no foco em nós mesmos. Isto está de acordo com muitos textos religiosos que sugerem que as pessoas devem se preocupar mais com o bem-estar dos outros do que com o seu próprio”, explicou o professor.
Argumentando sobre a fé em Deus, Brick Johnstone disse, “Quando o cérebro se concentra menos no ser (com a diminuição da atividade do lobo direito) há, por definição, um momento de autotranscedência que pode ser entendido como uma ligação com Deus ou Nirvana. É a sensação de que você é parte de algo muito maior”.
A pesquisa não faz referência a Deus de uma religião específica, mas analisa apenas comportamentos cerebrais. Originalmente a pesquisa “Right Parietal Lobe ‘Selflessness’ as the Neuropsychological Basis of Spiritual Transcendence”  foi publicada na Revista Internacional de Psicologia da Religião.
Fonte: Portal Gospel
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações