Joinville: Menina de 11 anos vive no escuro por causa de doença rara


Vive no escuro



Sara, uma garota de apenas 11 anos que mora em Joinville, sofre de uma doença rara —chamada xeroderma pigmentoso, que a obriga a viver na escuridão. Crianças acometidas por essa falha genética são conhecidas como "crianças da lua".
Como o próprio nome sugere, elas só podem brincar durante a noite, vão à escola com roupas especiais, têm que ficar no escuro no próprio quarto e passam a maior parte do tempo dentro de casa.
Os pais da menina precisaram adaptar a casa com janelas menores, cortinas especiais e lâmpadas de baixa potência para impedir que a luz do sol invada o ambiente e prejudique a saúde da filha. As mudanças na rotina da família começaram quando Sara tinha dois meses, idade que os sintomas deram os primeiros sinais.
Segundo os médicos, uma das causas da doença é que seus pais são primos de primeiro grau, o que aumenta as chances dos filhos nascerem com problemas genéticos. Além disso, os especialistas reforçam que todo o esforço de viver no escuro é necessário porque ela tem 1.000 vezes mais chances de ter câncer de pele.
Fonte: R7.com
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações