Compra De Votos, Preço Cocaína e Crack.




Era domingo de eleição na cidade amazonense de Itacoatiara, a 176 quilômetros de Manaus, quando a candidata a vereadora Carme Cristina (PDT) foi presa. Segundo a Polícia Civil, ela trocava pasta base de cocaína por votos. A pedetista não foi eleita e segue na penitenciária da cidade. Distante dali, outra história de ligação entre drogas e política. Denúncia de que votos estariam sendo trocados por pedras de crack em Parque Brasil, bairro da periferia de Teresina (PI), fez com que a promotoria pedisse investigação à Polícia Federal, menos de um mês antes do primeiro turno. Os casos representam a face de um problema que persiste e desafia autoridades Brasil afora: a compra de votos.

Fonte: Blog do Magno

←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações