14 de janeiro de 2013

ABSURDO: Idosa de quase 100 Anos é Agredida Por Cozinheira




É difícil acreditar que alguém seja capaz de maltratar Uma senhora de quase 100 anos. É uma ato covarde, cruel, desumano.Por isso, imagens como as que vamos exibir agora provocam a mais absoluta indignação.
A filmagem foi feita em um apartamento na Zona Sul do Rio de Janeiro.
Na primeira cena estão a auxiliar de enfermagem falando ao celular, a cozinheira da casa, pintando as unhas, e a senhora de quase 100 anos, doente, tentando se levantar do sofá.
A cozinheira sai por um momento e, quando a idosa quase consegue se levantar, é puxada pela calça pela mulher que deveria cuidar dela. Isso é apenas o início.
A cozinheira volta, arrasta a cadeira e começa a fazer as unhas da cuidadora. A idosa consegue se levantar no sofá. Parece reclamar de algum coisa, e leva um travesseiro na cara.
“A mulher está olhando, pega o travesseiro e joga nela”, relata o filho.
Quem gravou as cenas foi o filho da vítima, que mora no andar de baixo e estava desconfiado.
“A gente começou a desconfiar quando ela reclamava muito dizendo que beslicavam ela, brincavam com ela, e aí instalamos um sistema de câmeras disfarçado”, explica o filho.
A câmera pegou o momento em que a mãe se levanta novamente, mas é empurrada de volta para o sofá. A cozinheira ainda dá palmadas nas pernas da senhora de quase 100 anos.
Depois ela amarra as pernas da idosa para que ela não se mexa.
“A única coisa que a gente vê é que ela queria levantar e as pessoas não se preocupam com isso, ficam fazendo unhas, estão falando ao celular”, diz o filho.
O filho não quer se identificar, nem identificar a mãe, submetida a um tratamento humilhante.
Agora vem a pior parte. Uma cadeira de rodas foi posta no quarto. A cozinheira empurra a cadeira, tenta botar a idosa para sentar, pega de mau jeito e as duas caem no chão. Em vez de levantá-la, a cozinheira parece gritar com a idosa.
“Você vê uma mulher pegar ela com descaso total para colocar em uma cadeira de rodas e deixá-la cair no chão. E aí, em vez de levantá-la, deixá-la no chão por sete minutos”, reclama o filho.
Quando o filho telefona para dizer que está subindo até o apartamento da mãe, a cozinheira atende a ligação. E as duas correm para ajeitar a idosa. “Quando toca o telefone, elas pegam ela como se fosse um saco e jogam no sofá”, explica o filho.
“A cena que eu encontrei foi ela deitada no sofá que ela normalmente ficava”, ele lembra.
No sábado (12), o Fantástico procurou as duas mulheres que, como as imagens mostram, maltrataram a velhinha de quase 100 anos.
Primeiro fomos à casa de Maria José de Lacerda, a cozinheira. Ela não estava lá, mas o marido, que se identificou como Carlos Silva, disse o seguinte, por telefone: “Qualquer pessoa normal vai entender que a pessoa é como criança, entendeu? Só que com uma criança a gente dá uma palmada na criança e a criança sossega. Agora, uma pessoa de idade é muito difícil fazer isso”, diz o marido de Maria José.
Fomos também à casa de Margarida Ferreira, a cuidadora: “Eu não quero falar sobre isso e eu vou conversar com o advogado na segunda-feira, tá?”, diz ela.
As duas mulheres foram ouvidas na delegacia, e negaram tudo. “Elas justificaram dizendo que a tratam com respeito, com carinho, e que a idosa é pessoa difícil de lidar no dia a dia”, afirma a delegada Catarina Noble.
O depoimento das duas acusadas à polícia foi esta semana, e a delegada já abriu inquérito. As cenas de agressão gravadas pelo filho da vítima são de dezembro de 2012.
Fonte: G1
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial