22 de julho de 2013

Absurdo: Deputado ensina a comprar voto e difamar adversário


Da redação: redacaocasinhasagreste@bol.com.br


O deputado federal Aelton Freitas (PR-MG) foi gravado em um vídeo ensinando como se disputa uma eleição comprando votos e difamando adversários políticos durante a reta final das eleições de 2012 em Capetinga, no interior de Minas Gerais. Na gravação, o parlamentar, que já foi senador no lugar do ex-vice-presidente da República José Alencar, dá uma “aula” para outros políticos da cidade.




A "primeira lição" é a compra de votos, por meio da técnica do “cartãozinho”. “Nós vamos fazer 200 cartõezinhos para prefeito. Não quer dizer nada, 200 cartõezinhos. E nós vamos pegar 20 amigos nossos confiáveis. Quem é da confiança? Vinte. Então você vai ter dez, você vai ter dez, você vai ter dez. Você vai buscar dez companheiros seus lá e que não estão votando no Donizete (Donizete do Escritório, candidato a prefeito). Esse cartãozinho vale R$ 100. O cara não vai votar em você. Vai votar nos R$ 100 que o cartãozinho que está no bolso dele vale.


''E outra: só vão pagar se tiver sido eleito”, diz ele, que também ensina como espalhar boatos dos adversários. “Vamos buscar três, quatro pessoas dentro do nosso grupo que saiba incomodar o Daniel (um dos candidatos a prefeito). Três ou quatro pessoas que possam estar em boteco ou em ponta de rua soltando boato e fofoca. Porque o Daniel tem que desmentir e perder tempo naquilo. Não você. A cúpula da campanha, que está por cima, nem conhece. Baixa o retrovisor e esquece que tem concorrente. Vocês estão indo em uma viagem ao futuro de Capetinga, pronto”, ensina no vídeo. As informações são do Fantástico.



Uma cópia do vídeo foi entregue anonimamente ao Ministério Público em Minas, que enviou o material para a Procuradoria Geral da República.



Fonte: Magno Martins- vídeo Fantástico
www.florisvaldo.com
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial