23 de outubro de 2014

Tucanou ontem no Marco Zero

 
(Foto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco)
Um dia após ter participado de três atos em Pernambuco, a presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) foi alvo de duras críticas de lideranças do PSDB estadual e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Na noite de ontem, milhares de pessoas se reuniram no Marco Zero, onde participaram de um ato de apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) organizado por uma rede social em sete cidades do país. Nos discursos, sobraram alfinetadas referentes aos escândalos envolvendo a Petrobras e à queda nos repasses do governo federal ao Estado.
GERALDO PARTE PRA CIMA
“Acabou o tempo do governo que virou as costas para o povo, que mentiu e que não entregou nada do que prometeu”, disparou Geraldo Julio, acusando o PT de ter acabado com a Petrobras para sustentar a base de apoio no Congresso Nacional. “Se eles já tinham que sair antes da campanha, agora, depois da campanha suja que fizeram, é que têm que sair mesmo”, disse, emendando com um grito de guerra. - “Tira Dilma de lá” - que o prefeito repetiu por onze vezes, sendo acompanhado pelas pessoas presentes.
Já o governador eleito Paulo Câmara (PSB) e o senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB) adotaram um tom mais ameno. Optaram por um discurso na linha da mudança que a candidatura de Aécio representa no cenário nacional. “Pernambuco demonstrou claramente que quer que o país ande num caminho diferente, que volte a crescer, que combata a inflação”, destacou Câmara, finalizando seu discurso com um pedido. “Vamos fazer o que Eduardo Campos nos pediu. Não vamos desistir do Brasil, e isso significa votar em Aécio Neves”.
HOJE TEM MAISO prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes(PSDB), também não poupou críticas ao governo federal. “Quando achamos que os escândalos vão cessar, que a eles (ao PT) foi imposto um limite, eis que o mensalão passa a ser um anãozinho da corrupção, porque o ‘petralão’ veio para demonstrar que a corrupção não tem limites nesse governo”, disparou, referindo-se ao esquema de pagamento de propina na Petrobras.

O ato também contou com a presença dos deputados federais eleitos Daniel Coelho e Betinho Gomes, ambos do PSDB, do presidente estadual da sigla, Bruno Araújo, entre outras lideranças. Hoje, às 16h, haverá
uma caminhada pró-Aécio no Centro, com saída da praça Maciel Pinheiro.


Fonte:
Do Diário de Pernambuco – Sávio Gabriel
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial