28 de julho de 2015

Após romper com Dilma, Cunha diz que vai analisar pedidos de impeachment com fundamentos legais

                           
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse hoje (27) que a discussão sobre as propostas de abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff tem tido impacto na confiança dos setores econômicos. Para ele, trata-se de um processo grave, "com consequências danosas para o país''. "Certamente não será bom para o ambiente econômico a própria discussão, como ela está sendo feita. Não tenho dúvida de que essa própria discussão tem levado à diminuição da confiança", ressaltou Cunha, ao participar de um almoço com empresários na capital paulista.

O deputado destacou que, embora tenha anunciado o rompimento com o governo federal, analisará eventuais pedidos de abertura de processo de impeachment com base em fundamentos legais. "Eu vou separar muito bem isso. Vou ter até uma cautela, para não antecipar meu julgamento, ou parecer que qualquer tipo de posicionamento tem a ver com a mudança do meu posicionamento político, que eu anunciei publicamente". Na semana passada, Cunha despachou os 11 pedidos de impeachment da presidenta de volta aos autores, para que sejam reformulados segundo os requisitos do regimento da Câmara, antes de ser apreciados pela Mesa Diretora. 


Fonte: Blog do Jamildo

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial