Delação em risco

                              
A validade da delação do doleiro Alberto Yousseff será analisada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal após pedido do ministro Dias Toffoli. A análise será feita após solicitação da defesa de Erton Medeiros Fonseca, executivo da Galvão Engenharia citado pelo delator durante as investigações da operação “lava jato”. As informações são do Valor Econômico.
Sem citar nomes, o desembargador Fausto De Sanctis afirma haver tentativa de destruir o instituto da delação premiada, “assim como tentaram destruir no passado a interceptação telefônica”. Para o julgador, os dois instrumentos são eficazes no combate a crimes econômicos. 
Fonte: Blog do Magno
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações