Homem é atacado por tubarão em Fernando de Noronha

                                    Praia do Sueste
Um homem sofreu um  ataque de tubarão no final da tarde desta segunda-feira (21), na Praia do Sueste, em Fernando de Noronha. O turista, que tem 33 anos de idade e é do Paraná,  estava mergulhando quando aconteceu o ataque. O visitante estava acompanhando da noiva e do irmão. A vítima está internada no Hospital São Lucas. "O paciente sofreu um ataque de um peixe, provavelmente um tubarão. Ele perdeu a mão e parte do braço. Realizamos o atendimento, agora o estado de saúde dele é estável”, afirmou a coordenadora de Saúde da Administração da Ilha, Fátima Souza. Um avião de salvamento deve pousar às cinco da manhã desta terça-feira (22) para transferir o homem para o Recife. O paciente será encaminhado para o Hospital da Restauração.
A Assessoria de Imprensa da Administração da Ilha emitiou nota a seguir. “É estável o quadro do jovem paranaense de 33 anos, atacado por um tubarão na tarde desta segunda-feira (21), na Baía do Sueste, em Fernando de Noronha. O rapaz, que foi prontamente socorrido por familiares para o Hospital São Lucas, teve o membro superior direito, na região do antebraço, amputado no ataque. Ele foi atendido pela equipe médica local, com reforço de um cirurgião, um ortopedista e um anestesista, que estavam na ilha a passeio. Ele recebeu todo o atendimento pela equipe e teve o ferimento estabilizado. Em paralelo, a Administração da Ilha, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, providenciou a transferência do paciente em UTI Aérea para o Hospital da Restauração. A previsão é que a aeronave pouse às 5h desta terça-feira (22). Este período de atendimento até a remoção é fundamental para a recuperação do paciente.
Boletim Médico
Paciente do sexo masculino, de 33 anos, Turista do Paraná. Admitido nesta emergência trazido por familiares após mordida de tubarão, com consequente amputação de membro superior direito, em região de antebraço. Admissão com quadro estável  Glasgow 15.  Queixa de dor em membro. Realizado procedimento de estabilização clinica, reposição hidro eletrolítica, analgesia e monitorização hemodinâmica. Feito contato com cirurgião, ortopedista e anestesista presentes na ilha. Realizado sutura do vaso, analgesia profunda  e lavagem de membro amputado sem sintomas. Paciente no momento estável", fecha a nota .
Investigação
Ao longo dos anos não havia registros de ataques de tubarão em Noronha. O pesquisador Leonardo Veras, especialista em tubarões, vai realizar nesta terça-feira um mergulho na região para investigar o ataque. O pesquisador, que mora na ilha, teve uma autorização especial do Instituto Chico Mendes para realizar a investigação. O Sueste faz parte do Parque Nacional Marinho, área de responsabilidade do Chico Mendes. Veras deve fazer o mergulho acompanhado da fotógrafa e também bióloga Zaira Mateus

Fonte G1 PE
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações