Ato contra Dilma reúne 1 milhão no Rio de Janeiro, diz organização

Foto: G1/Reprodução

Manifestantes contrários ao governo Dilma Rousseff e a favor das investigações da Operação Lava Jato se reuniram na manhã deste domingo (13) na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio. A concentração do ato foi marcada para as 10h e os manifestantes começaram a chegar por volta das 9h. A manifestação, que por volta das 10h30 contava com 5 carros de som, seguiu por cerca de 2 quilômetros em direção ao Leme. Os manifestantes começaram a caminhar por volta das 10h e paravam ao longo do caminho para ouvir os discursos dos organizadores.

Quase quatro horas após o início do protesto, organizadores estimaram a presença de cerca de 1 milhão de pessoas na manifestação. Já a Polícia Militar não divulgou um balanço. Por meio de sua assessoria, a Polícia Militar informou que reforçou o policiamento em todos os locais onde estão previstas manifestações neste domingo, inclusive com apoio do Batalhão de Choque. O número do efetivo não foi divulgado por questões de segurança. Às 11h20, uma hora e 20 minutos após o horário marcado para o início do ato, os manifestantes ocupavam cerca de 8 quarteirões da Praia de Copacabana e as duas pistas da Avenida Atlântica. Eles estenderam uma grande bandeira, na qual estava escrito "chega de impunidade".

Do G1
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações