26 de setembro de 2016

Tony Gel lidera pesquisas em Caruaru

O candidato do PMDB a prefeito de Caruaru, Tony Gel, subiu nove pontos percentuais em nova pesquisa do Instituto Opinião em relação ao levantamento dos dias 10 e 11 de setembro. Pulou de 26% para 35,6%, garantindo o seu passaporte para o segundo turno. Em segundo lugar aparecem empatados o candidato do PR, delegado Erick Lessa, com 21,2%, e a candidata do PSDB, Raquel Lyra, com 19,2%. Em comparação com a pesquisa anterior, o delegado avançou três pontos percentuais e tucana cresceu cinco pontos. Sendo assim, Gel não sabe ainda quem será seu adversário na disputa final.
O candidato do PSB, Jorge Gomes, que na sondagem anterior despontava com 7,4%, neste levantamento se situa no mesmo patamar, enquanto Eduardo Guerra, do Psol, aparece com 0,6% e Rivaldo Soares, do PHS, também com 0,6%. Brancos e nulos, que eram 14,7%, recuaram para 4,2% e indecisos, que eram 18,4%, caíram para 11,2%. Na espontânea, Tony Gel aparece igualmente na liderança com 32,8%.
Em segundo lugar, a tucana Raquel Lyra ultrapassa o delegado Erick Lessa, com 16,6%, contra 15,8% do republicano. Jorge tem 7,4%, Rivaldo foi citado por 0,6%, Eduardo Guerra por 0,2% e brancos e nulos se situam na casa dos 4%, enquanto 22,6% representam os indecisos. No quesito rejeição, Gel continua como o mais rejeitado, tendo subido seu percentual de 24,2% para 33%. Jorge vem em seguida com 20,2% e o delegado surge depois com 9,4%, enquanto Raquel tem apenas 6,6%. Guerra aparece com 3% e o professor Jefferson Abraão, que não pontuou na intenção de voto, 0,6%.
Ainda entre os entrevistados, 4% disseram que rejeitam todos e 15,4% afirmaram que não rejeitam nenhum deles. Em Caruaru, o Instituto Opinião aplicou 500 questionários entre os dias 24 e 25 últimos nos bairros Agamenon Magalhães, Alto do Moura, Boa Vista I e II, Cachoeira Seca, Caiucá, Cedro, Centenário, Cidade Alta, Cidade Jardim, Divinópolis, Indianópolis, Inocoop e Jardim Panorama.
E mais: João Mota, José Carlos de Oliveira, José Liberato, Juá, Kennedy, Lajes, Luiz Gonzaga, Maria Auxiliadora, Maurício de Nassau, Monte Bom Jesus, Murici, Nossa Senhora das Dores, Nova Caruaru, Petrópolis, Rafael, Rendeiras, Riachão, Salgado, Santa Rosa, São Francisco, São João da Escócia, Terra Vermelha, Universitário, Vassoural e Vila Padre Inácio.
O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.  Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. A pesquisa está registrada sob o protocolo PE-02126/2016.
Segundo turno: Tony só aparece na frente de Jorge
O Instituto Opinião fez, também, as projeções de segundo turno tomando como base a liderança do candidato Tony Gel. Frente ao primeiro adversário, o delegado Erick Lessa, Gel aparece, numericamente, atrás, mas num cenário que configura empate técnico. Lessa desponta com 43,6% das intenções de voto contra 42,4% do delegado. Neste cenário, brancos e nulos somam 8,4% e indecisos são apenas 5,6%.
Num cenário em que fossem Tony Gel e Raquel Lyra para o segundo turno, a tucana teria 43,4% das intenções de voto contra 41,6% do peemedebista. Brancos e nulos seriam 9% e indecisos 6%. Já se o adversário de Gel fosse o candidato do PSB, Jorge Gomes, o postulante do PMDB bateria o socialista por 48,4% dos votos contra 33%. Brancos e nulos seriam 11,2% e 7,4% representam os indecisos.
Estratificando a pesquisa, Tony Gel tem seus melhores percentuais entre os eleitores com renda familiar até dois salários (42%), entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (38,9%) e entre os eleitores com grau de instrução até o 5º ano (58,2%). Por sexo, 36,8% dos seus eleitores são mulheres e 34,1% são homens.
O delegado Erick Lessa aparece melhor situado entre os eleitores jovens, na faixa etária entre 16 e 24 anos (30,9%), entre os eleitores com grau de instrução médio (27,4%) e entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários (25,8%). Por sexo, 22,4% dos seus eleitores são mulheres e 19,7% dos seus eleitores são homens.
Raquel Lyra, por fim, aparece melhor situada entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (28,3%), entre os eleitores com grau de instrução superior (35,3%) e entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (27,2%). Por sexo, 19,7% dos seus eleitores são homens e 18,8% são mulheres.

Fonte: Blog do Magno
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial