10 de outubro de 2016

Ministério Público Federal denuncia Lula, dono da Odebrecht e mais nove por esquema em Angola

                     
ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi denunciado, nesta segunda-feira (10), pelo MPF (Ministério Público Federal) do Distrito Federal por, supostamente, atuar junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social) para a liberação de recursos para a empreiteira Odebrecht realizar obras de infraestrutura em Angola. Em retribuição, a empresa teria repassado cerca de R$ 30 milhões em valores atualizados.
Além de Lula, o dono da empreiteira, Marcelo Odebrecht, o "sobrinho" do ex-presidente Taiguara Rodrigues dos Santos e outras oito pessoas foram denunciadas. Eles vão responder por cinco crimes: corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e organização criminosa. De acordo com o MPF, os crimes ocorreram entre 2008 e 2015.
Taiguara é filho de um amigo de Lula, Jacinto Ribeiro dos Santos, o Lambari. Jacinto é irmão da primeira mulher do ex-presidente, que já morta. Portanto, Taiguara é um sobrinho de Lula por consideração.
O MPF indicou que, na primeira etapa dos crimes, entre 2008 e 2010, Lula ainda era presidente do País, na condição de agente público, praticou corrupção passiva. Depois, entre 2011 e 2015, após deixar a Presidência da República, cometeu tráfico de influência em benefício dos envolvidos.
Fonte: R7
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial