19 de novembro de 2016

Três pessoas ficaram feridas em troca de tiro com a policia

Pelo menos três pessoas ficaram feridas em uma troca de tiros com o Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM) durante a madrugada deste sábado (19) em Santa Cruz do Capibaribe no Agreste Setentrional de Pernambuco.
 Segundo informações repassadas para nossa reportagem, o policiamento recebeu denúncias de algumas vítimas que minutos antes teriam sido alvos de assalto, que pelo menos três homens e uma mulher em um automóvel Gol de cor azul e placas KLP-2885 haviam interceptado o veículo que elas ocupavam, na PE-160. Os bandidos teriam descido do carro armados com um revólver e uma espingarda de grosso calibre e anunciado o roubo, subtraindo na oportunidade diversos pertences como joias, aparelhos celulares e dinheiro.
 Diante do exposto, foi feito diligências e a guarnição se deparou com os indivíduos em uma rua paralela a PE-160, foi dada ordem de parada, entretanto, os envolvidos entraram em fuga, iniciando-se assim, uma intensa perseguição em diversas vias da cidade.
 Ainda de acordo com informações dos policiais empenhados na ocorrência, em determinado momento, os indivíduos efetuaram disparos contra a guarnição que por sua vez revidou a injusta agressão e acabou atingindo os imputados Vitor Daniel de Oliveira Silva, de 21 anos e o adolescente de 16 anos que não pode ter o nome divulgado.
 Uma jovem de 18 anos, identificada como Tathyane Maria da Silva, que estava com os elementos, também acabou sendo ferida pelos estilhaços e juntamente com os dois baleados, foi socorrida por uma equipe do SAMU para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Santa Cruz do Capibaribe aonde recebeu atendimento médico.
 O quarto envolvido preso foi o imputado Joelson Vinicius de Lima, de 22 anos de idade, residente na Rua José Procópio da Cunha no Distrito Gravatá do Ibiapina em Taquaritinga do Norte. Já a Tathyane Maria mora na Rua São Gabriel no bairro Palestina em Santa Cruz e o Vitor na Rua Santo André também na Palestina.
 A mulher e o Joelson foram apresentados na Delegacia de Polícia da Capital da Moda e os outros dois envolvidos ficaram custodiados em uma unidade hospitalar da cidade de Caruaru, logo depois de terem sido transferidos.
 A ação policial ainda culminou na recuperação dos pertences roubados das vítimas que reconheceram os acusados, bem como, na apreensão do automóvel utilizado no assalto, de um revólver cal. 38 com seis munições, duas delas deflagradas; uma espingarda cal. 12 e quatro cartuchos, um deles também deflagrado.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial